Início > Receitas > Bifes á Portugália

Bifes á Portugália

Estive por fora bastante tempo e para compensar vou fornecer-vos a receita dos famosos bifes á portugália.

A carne deve ser tenra e não fresca – alcatra, acém, vazia ou lombo são as melhores hipóteses. O segredo da “coisa” está no molho mais propriamente num cálice (por prato) de café de cevada que o molho leva.

Frita-se o bife em bastante margarina e reserva-se.

Baixando o lume na frigideira, acrescenta-se á margarina dois cálices de leite, um de café de cevada, um pouco de mostarda (condimento) e mexe-se bem. Deverá estar tudo muito liquido e para dar um pouco de suavidade junta-se um pouco de farinha. Eu prefiro usar a maizena express que é muito mais rápido- junto um pouco, levanto o lume e o molho ganha consistência ficando aveludado.

O bife – que deve estar muito mal passado – vai ao molho aquecer cerca de um minuto e meio a dois minutos, colocando-o no ponto.

Acompanha com batata frita e esparregado. Pode-se também montar um ovo “a cavalo”.

Muito bom.

Esta receita é para um bife. Se formos a fazer quatro por ex. teremos que ir fritando os bifes em margarina e entre cada bife limpa-se o excedente da frigideira.  No final então faz-se o molho com quantidades para os 4 bifes.

About these ads
Categories: Receitas
  1. carlos
    26, Abril 2007 às 2:03 pm | #1

    Já estou a salivar.
    Contudo, a ausência foi prolongada demais para ser vencida com apenas uma receita.
    Portanto, venha lá mais uma sff.

  2. 26, Abril 2007 às 4:58 pm | #2

    Fogo, escrever isto a um tipo que mora em Antuérpia é ser carrasco!

  3. D’Arder
    28, Abril 2007 às 1:09 am | #3

    Nada mais justo…no derby de domingo seja qual for o resultado cozinhas tu. Trata da carne com o Jójó que a malta paga no fim (é o costume)…

  4. Dora Cristina
    2, Maio 2007 às 5:39 pm | #4

    Oi… Passei aqui pra deixar um recadinho.
    Lembra dos famosos Livros de Receita União com aquelas receitas de bolos, doces e quitutes maravilhosos? O site Cyber Cook esta distribuindo um Livro com a Seleção das Melhores Receitas União que você pode baixar para seu computador.

    O endereço do Cyber Cook é http://www.cybercook.com.br
    Ou então você pode ir direto pra área de cadastro, só ir por esse endereço:
    http://cybercook.uol.com.br/cadastro.php

    Assim que você se cadastrar lá, pode baixar o livro, gratuitamente.

    Beijos e espero que goste da dica!

  5. Jony
    15, Outubro 2007 às 5:31 pm | #5

    Pois pode até ser parecido
    mas não é a recita do molho original da Portvgália.

    Só para dizer que faltam ai muitos ingredientes e nem sequer leva o tal “café de cevada”.
    Só para dar um exemplo posso dizer q
    Digo eu que sei do que falo hehehe.

  6. Jony
    15, Outubro 2007 às 5:33 pm | #6

    Pois pode até ser parecido
    mas não é a receita do molho original da Portvgália.

    Só para dizer que faltam ai muitos ingredientes e nem sequer leva o tal “café de cevada”.

    Só para dar um exemplo posso dizer que um dos ingredientes não se encontra á venda no comércio português e tem de ser importado de propósito pela Portvgália.

    Digo eu que sei do que falo hehehe.

  7. cris
    10, Dezembro 2007 às 9:34 pm | #7

    Pois é
    Pode até não ser o ingrediente certo mas a verdade é que já tenho pesquisado na net a receita e em todas elas leva o “tal café de cavada”, sou uma grande apreciadora do bife e tenho a dizer que já comi em vários restaurantes e é sempre muito bom, e tenho comido na zona de Leiria e arredores, todos eles mt bom….
    Já agora se puder e já que sabe do que fala deixe aqui ao pessoal a receita original do bife…
    ou então já que esse tipo de ingredientes são segredo, diga-me onde me posso ir deliciar com o original “Bife á Portugália”
    Obrigado

  8. 25, Maio 2008 às 7:19 pm | #8

    Pois…. sei mas não digo.
    Então mais vale estar caladinho.

  9. Babilon
    5, Novembro 2008 às 4:06 pm | #9

    O molho portugália não tem grande segredo!
    Posso dizer que nao leva leita, e que todos os ingredientes estão a dispossição no mercado.
    o segredo é na forma como estão os ingredientes se conjugam!

    E eu sei bem do que falo! já o fiz umas vezes

  10. 23, Dezembro 2008 às 10:30 am | #10

    Caros amigos, eu conheço a receita do molho Portugália posso dizer-vos que não leva leite, café de cevada nem tão pouco mostarda.

  11. paulopacheco
    23, Dezembro 2008 às 2:18 pm | #12

    toda a gente “conhece” o molho e sabe tudo e etc…
    não acredito!
    Ninguém se “chega á frente”!?
    é só garganta…

    • rtf
      8, Novembro 2010 às 1:02 pm | #13

      O molho é a base de agua e manteiga com sal só e super simlples
      O meu pai trabalhou na portugalia 30 anos e o bife á Portugalia la em casa e mt frequente.

  12. paulopacheco
    23, Dezembro 2008 às 2:19 pm | #14

    o molho é assim sim sr. e a mostarda é opcional.. eu é que prefiro.. com!

  13. bertolo
    31, Janeiro 2009 às 7:15 pm | #15

    molho horrivel. dificilimo de fazer por causa da consistencia da cevada embebida no leite, deu aspecto de cafe com leite naturalmente.

  14. cardoso
    27, Março 2009 às 7:05 pm | #16

    conordo com o molho, mas sugeria que não frita-se na margarina, pois esta queima, acarretando graves prejuizos para a saude, aconselho a fritar em banha, pouca, escorrer para o lixo, juntar na frigideira o leite, o cafe, mexer bem, raspando o fundo da frigideira, meter a mostarda, juntar a manteiga, abanar a frigideira, não deve ferver, afim de ligar a manteiga, fica igual, mas mais saudavel e mais aveludado, pode ligar a maizena.
    Formador e chefe de cozinha

  15. cardoso
    27, Março 2009 às 7:13 pm | #17

    mas se quer um bom molho para bifes, não precisa de usar margarinas, devo dizer que o verdadeiro bife a cafe, nem sequer leva cafe….
    Mas para quem quer experimentar aqui vai um segredo que publico aqui. Compre uma sopa de rabo de boi, cada uma da para um litro de água, assim faça a quantidade que quer, meta só o po na agua e deixe repousar 20 minutos, mexa, sem ir ao lume. Tenha para cada 1/2 litro , 2 dls de natas.
    faça os bifes, em banha ou óleo de amendoim ou mesmo azeite, so a untar a frigideira, os bifes devem estar corados e suculentos no meio, não os fure, retire-os. Escorra alguma gordura da frigideira, junte o molho, mexa e deixe ferver, mexa as natas, junte-lhes um pouco de molho quente~, mexa, juntar tudo, ferver um pouco, ratificar de temperos, pimenta, por fim ligar um pouco de manteiga, sem ferver e abanar sempre a frigideira, é de lember… e não pagam por esta receita, as proximas e a cobrar, que eu vivi disto…

  16. cardoso
    27, Março 2009 às 7:14 pm | #18

    devia ser obrigatorio as margarinas dizerem que não são para aquecer, muito menos fritar….

  17. Steve Alhandra
    10, Agosto 2009 às 2:00 pm | #19

    Amigo cardoso, o que o senhor disse é errado, fritar em margarina é como fritar em óleo vegetal, é a mesmíssima coisa. Fritar nunca é saudável mas mais vale fritar em margarina ou óleo vegetal ou azeite que em banha ou manteiga! Siga este conselho de um nutricionista com 20 anos de carreira…

  18. paulo pacheco
    10, Agosto 2009 às 2:54 pm | #20

    Steve.. tem a certeza do que diz?.. é que a margarina ao sofrer altas temperaturas transforma-se e ‘decai’ enquanto o azeite e a banha são mais “resistentes” digamos assim, ás altas temperaturas. E como estamos a falar de fritar por curto espaço de tempo (mas a alta temperatura) sempre pensei que a banha fosse o melhor.

  19. 4, Fevereiro 2010 às 10:01 pm | #21

    Helloi All,

    I’m new here and come here from search engine. I really think this forum was great.

    Would you mind to check my website below ?

    Natural Health Care

  20. 30, Março 2010 às 5:07 am | #22

    Hey I’m Gordon and although this is my first post I’ve been reading for a while and I think it’s time that I said Hello and introduced myself. I’m 35 and run a fitness equipment company with my uncle and live in sunny San Diego, California with my 3 fantastic kids. I love running and tennis but hate seafood…and I guess that’s all you need to know http://www.mysmiley.net/imgs/smile/happy/happy0071.gif

  21. Fred
    17, Abril 2010 às 3:14 am | #23

    É uma treta..o molho não é assim! Já experimentei e não fica nada parecido..

  22. josé canada
    22, Junho 2010 às 9:13 pm | #24

    mas afinal o bife a portugalia como é feito ainda não entedi nada

  23. rtf
    8, Novembro 2010 às 1:26 pm | #25

    Ora cá vai a verdadeira receita:
    Bife de vaca
    Agua
    Manteiga de vaca (não é margarina)
    Vinho ou vinagre
    Alho
    Louro
    Pimenta.
    O bife é mal frito na manteiga (não na margarina) depois juntar alguma água e um pouco de vinho branco.( quem n tiver vinho branco pode por vinagre)O bife é praticamente cozido.
    Por 1 alho esmagado e louro, pimenta qb., e por mais manteiga, a gosto.
    O segredo é água. ;)))
    ATENÇAO: o sal e a mostarda só se tempera no prato quem quer.
    Bom apetite

  24. autor
    8, Novembro 2010 às 5:40 pm | #28

    Bem…. passado esta enormidade de tempo desde este post, posso dizer com toda a certeza que o molho não é como está descrito no post.

    Não é coisa que me tenha procupado por estes tempos, mas de qualquer modo fica a minha opinião actual: o mais próximo será o do rtf.

    Se bem que me parece que o molho de manteiga levantada será a base para o tal molho da portugalia.
    Molho de manteiga levantada:
    levar um pouco de alho com um pouco de gordura (escolham) ao lume bem forte. Passados apenas alguns segundos (não queremos sequer que o alho fique louro) arrefecer com vinho branco ( pode ser cerveja) o suficeinte para cobrir o tacho com cerca de 1/2 cm.
    Depois colocar manteiga cortada ao pedaços á temperatura ambiente.
    primeiro o aparelho vai ficar muito liquido mas depois como por magia a manteiga “levanta-se” e torna-se num molho aveludado.
    é só servir com o bife.
    parece-me que o da portugalia andará … por aqui (mas sem o alho obviamente).

    depois de estar a ferver

  25. António Ribeiro
    10, Dezembro 2010 às 3:13 pm | #29

    Não conheço a receita verdadeira, nem me parece que a maioria saiba muito dela. Mas o que me parece, a partir de um saber feito de experiência, como cozinheiro amador, é que o actual molho de bife à portugália é hoje feito a partir de um preparado formalmente parecido com a barra de quilo de margarina, mas onde os ingredientes foram industrialmente pré-preparados.

    Reparem bem nos seguintes aspectos: se o pretenso “segredo” estivesse na confecção pelo cozinheiro, esse seria o segredo mais mal guardado de toda a Internet, já que existem hohe dezenas de “Portugálias” e, portanto, centenas de “cozinheiros”. Depois, há uma coisa à qual devem prestar atenção: quando fazem em vossas casas um molho de bife, ou, se preferirem, um bife com molho, ao fim de um bocado o molho “coalha”, porque esfria, e perde metade do interesse e do aspecto.
    Mas reparem que, hoje em dia, quando estão a comer um bife numa Portugália, e se esquecem do tempo à conversa, o molho nunca mais perde o seu belo aspecto, mesmo que fique frio…

    Porquê isso? Porque eles adicionam ao tal molho industrial, pré-preparado, um produto anticoagulante, evitando que a gordura fria se aglutine.

    Antigamente, quando apenas existia a Portugália da Av. Almirante Reis, e eles ainda não haviam transformado a Portugalia numa “fábrica” de comida industrial, o molho do bifinho coalhava quando ficava frio. Exactamente como em nossas casas!

    Em verdade, em verdade vos digo: Continuo a ir à Portugália, mas hoje em dia, ali, em qualquer uma das muitas dezenas de “casas” da marca franchisada, o bife já não tem nada a ver com a genuinidade de antigamente.

    Nem o bife, nem o resto: até os croquetes que servem como “appetizers” são hoje em dia todos rigorosamente iguais. Tirados a papel químico, como o molho do bife!…
    Cozinheiros? Na Portugália é coisa que decerto não existe. Viva a Portugália, essa mega fábrica do colesterol lusitano, verdadeira máquina de exportação do know-how nacional.

    O seu grande segredo está no excelente Marketing, no Branding, no anti-coagulante, no talento em fazer a classe média pagar mais 50% pela refeição dos que na concorrência.

    Se eu podia viver sem a Portugália? Poder, podia. Mas não era a mesma coisa!…

  26. bananinha
    28, Agosto 2011 às 8:59 am | #31

    Bom, esta aqui uma boa coisa! todo mundo fala e tem muita garganta mas o segredo ninguém sabe.

    • Pedro
      29, Novembro 2011 às 3:09 pm | #32

      Boas
      Já a bastante tempo que tento descobrir a receita do molho.
      Há poucos dias na Portugália do Almada Forum, enquanto jantava, um casal de Ingleses perguntou ao empregado como era o molho, a resposta: apenas manteiga e natas.
      Fiquei a pensar no assunto e em casa experimentei.
      Derreti manteiga com sal, sem ferver, com meio dente de alho e refresquei com um pouco de vinho branco, depois adicionai um pouco de natas e deixei engrossar um pouco.
      O molho ficou bastante parecido, o que me leva a crer que o empregado não estava a mentir.
      O segredo agora está nas proporções e na forma de juntar os ingredientes.
      Se alguém conseguir a chave diga.
      Ab.

  27. 7, Dezembro 2011 às 9:50 am | #33

    Acho que aqui o Pedro, acertou em cheio. Se bem que o alho não sei se leva, mas sim, pelas minhas experiências o molho é mesmo isso manteiga e natas.

  28. tampinha
    26, Janeiro 2012 às 12:13 am | #34

    tenho 52 anos tento ser agora cozinheiro apos formação profissional, talvez por isso passo metade da minha vida a “puxar ” pela memória , tentando lembrar os gostos os cheiros o aspeto , das comidas da minha infancia da minha juventude e até aos dias de hoje . Até aqui a minha história é igual a milhões de outras, ainda assim queria falar do bife á portugália e dos croquetes . Com 17 anos já frequentava a portugália até tarde , comendo croquetes abertos ao meio com mostarda, e grandes pratos de batata frita , com o meu grupo de amigos ( na época envolvido num grupo de teatro).qd punham o pessoal na rua , e um pouco mais acima na Almirante Reis (junto á praça do Chile) tinha uma fabrica de pão e bolos q vendia bolas de berlim embrulhadas em papel e ensopadas em oleo. O bife á portugalia só ao fim de semana ( o dinheiro n dava para tudo) , e tenho ainda na memória o gosto espectacular daquele bife , envolvido num molho soberbo, com vista para a caneca geladinha. é dos sabores q melhor guardo na minha memória , entretanto e passados estes anos já provei os bifes de várias portugalias ( são mais q a maes) , e se é pq o molho é feito com água, ou manteiga , ou seja o q for , os actuais bifes são um verdadeiro insulto á minha memória , são intragaveis, caros e despresiveis dai achar q o nosso debate divia ter um enfoque maior na defesa do nosso “património gastronómico alfacinha”, na minha opinião ha que fomentar o nascimento de “nichos”que façam o dito bife com a mestria de ha 30 anos . abraços

  29. Isabel
    5, Junho 2012 às 4:08 pm | #35

    Aqui vai a receita do famoso molho para 2 doses.
    O importante e seguir as quantidades certas. E conservar o molho em banho e nunca re aquecer.
    100ml de agua
    1 dente de alho pequeno,
    1/2 folha de louro
    1 colher de cafe de molho ingles
    1 colher de cafe de vinho branco
    1 colher de cafe de farinha maizena
    200 g de manteiga
    sal a gosto
    Deixar ferver a agua por dois minutos com o alho, sal e a folha de louro, Apoa esta fervura retirar o alho e o louro.
    Juntar de seguida o molho ingles, vinho branco e a farinha maizena e deixar ferver mexendo sempre.
    Para finalizar juntar a mateiga e deixar cozer durante 4 minutos em lume brando.
    Se gostarem de um molho mais consistente misturar mais farinha maizena
    Voila….o famoso molho da portugalia :-)

  30. DIER
    15, Julho 2012 às 6:56 pm | #36

    que tanga

    • Luis Silva
      13, Novembro 2012 às 12:54 am | #37

      este pessoal só inventa, depois de muitas tretas que já li , só me apetece rir com as tentativas que pensam que sejam. Faço-o todos os dias, já la vai na terceira alteração e nunca lhe adicionamos tais ingredientes que vejo para aí mencionados. Deixem-se de atirar palpites e apareçam nas lojas para para o degustarem e tentarem acertar nos ingredientes. Bom apetite

  31. D.A
    28, Outubro 2012 às 2:44 pm | #38

    O molho coalha no restaurante da portugalia tal como em casa!

  32. 30, Janeiro 2013 às 9:28 pm | #39

    com tanta gente com tanta certeza, acho q a maioria tem é uma tal certeza no cagar, que nunca erram o chão…

  33. catarina
    30, Março 2013 às 7:38 pm | #40

    ola tudo bem deve ser muito ei de experimentar

  34. JA
    10, Maio 2013 às 7:03 pm | #41

    Bem, após uma extensa investigação, posso dizer que tenho quase a certeza de alguns ingredientes:

    - MANTEIGA GHEE ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Ghee ) – há venda no corte inglês.

    OBS: este ingrediente é o ponto chave do molho: é o que confere o tom amarelado ao molho…e por ser na sua essência uma manteiga clarificada, ou seja, à qual foi removida a gordura, a mesma não coalha, deixando o molho sem coalha mesmo quando fica frio.

    - cevada (se não usam na portugália cevada comercial, usam de certeza um derivado da mesma), já que o sabor ESTÁ LÁ PRESENTE.

    - natas ou molho de soja ou ainda leite (pouco provável): é o que torna o molho aveludado.

    - água: deixa o molho um pouco liquido, sem a qual ficaria demasiado espesso ou mesmo em pasta.

    - sal (o ghee se bem sei, não tem sal)

    NÃO LEVA:

    - pimenta
    - fermento (sem certeza, mas não faz sentido se leva as natas ou molho de soja)
    - mostarda (leva a manteiga GHEE!)
    - vinho; vinagre; molho inglês; whiskey; cerveja, entre outras loucuras / devaneios de muitos. ;)

    Falta-me ainda alguns detalhes tais como proporções mas é por aqui que reside a base.

    Caso alguém saiba algo mais, diga.

  35. C.J.C.M
    3, Agosto 2013 às 7:33 pm | #43

    Aconselho vivamente a visitarem este site. Penso que é bem esclarecedor e vem de encontro a várias sugestões e opiniões aqui postadas

    http://tachosepanelas.com/receitas/bife-a-portugalia/

  36. Hugo
    10, Agosto 2013 às 8:04 am | #44

    Caros amigos:

    Eu sou o Hugo que em 2008 disse que conhece a receita do molho à Portugália. E conheço mesmo. Não acreditam? Aceito, eu também não acreditaria, dado que quase tudo o que aqui se tem dito é uma grande treta. Inclusivamente uma pessoa que aqui disse que o Pai trabalhou 30 anos na Portugália e deixou uma receita, não colocou a receita verdadeira. A receita atual dos restaurantes Portugália eu não conheço, e me nem interessa conhecer, pois é a receita “fast” que eles utilizaram para simplificar processos e fazer com que o molho seja igual nas portugálias todas. Eu conheço a antiga, aquela que era boa.
    Estou a preparar-me para revelar a receita na íntegra. Fa-lo-ei dentro de alguns dias quando ganhar coragem. É que os senhores da Portugalia quando virem a receita escarrapachada aqui não hesitarão em procurar o “culpado” e seguir para tribunal, eles são mesmo muito maus.
    Há uma coisa que se disse aqui que está quase correta: que existe um ingrediente “especial” que é importado. Isto é quase verdade porque este ingrediente existe à venda em hiper-mercados já há algum tempo. Deixo aqui o nome do ingrediente: Bisto. Deixo também o link para a imagem da embalagem (a embalagem que encontram à venda pode ser ligeiramente diferente): http://www.google.pt/imgres?imgurl=http://www.englishforum.ch/attachments/food-drink/11661d1264011958-aah-bisto-bisto.jpg&imgrefurl=http://www.englishforum.ch/food-drink/72713-aah-bisto.html&h=498&w=350&sz=122&tbnid=G7_srovknjfjwM:&tbnh=90&tbnw=63&zoom=1&usg=__3Fd7_-QcEvUaha9cTluM_lhryXA=&docid=JKr6HUbUz2hWCM&sa=X&ei=nvwFUpu0FMzY7AazjYDQBw&ved=0CFgQ9QEwBQ&dur=2806

    Outra coisa: o molho não leva cevada. Não leva mesmo. Acreditem. Bem, dentro de uns dias logo verão.

  37. JA
    11, Agosto 2013 às 7:12 pm | #45

    Olá Hugo,

    Agradecia que publicasses aqui a receita. Em relação ao “aaah Bisto gravy granulates”, cá em Portugal realmente não se encontra em lado nenhum à venda (nem no el corte inglés, que custuma ter tudo têm isto), pelo que a única forma de o arranjar é fazendo uma encomenda via amazon (UK), em que o preço de uma lata de 170g, fica por 22,90€ com portes(!) e demora entre 2 a 5 dias a chegar.

  38. JA
    11, Agosto 2013 às 7:16 pm | #46

    Seja como for, era importante perceber a quantidade que é utilizada deste produto porque – sejamos realistas – se uma lata deste “molho granulado” não render para pelo menos 20 refeições, mais vale a pena pagar pelo bife na portugália.

  39. ze to
    16, Outubro 2013 às 3:17 pm | #47

    Eu já foi cozinheiro da Portugália e o que aqui vejo escrito aproxima-se da realidade mas estão longe. O molho leva leite, manteiga, um pouco maionese, mostarda, um pouco de farinha um cheirinho de brandy e cerveja. Não me perguntem as quantidades por eu faço tudo a olho. Agora experimentem é facílimo.

  40. JA
    19, Outubro 2013 às 10:58 am | #48

    ze to, não acredito muito nessa receita por causa do brandy, já que não se sente qualquer tipo de álcool no mesmo. Que eu saiba, para que o álcool desaparecer era necessário ferver o molho – algo que nunca se faz com molhos, os quais são sempre feitos em lume brando para não secarem/colarem/quebrarem. Acima de tudo e a não ser que os empregados da Portugália tenham mentido quando perguntei se tinha álcool (na medida em que a miha filha não pode ingerir), disseram-me que não.
    Finalmente, o sabor (acentuado) de cevada que se nota claramente no molho, não me parece que venha da cerveja, já que já o testei e não é igual (parece-se mais ao sabor de molho de cerveja [logico] sem sabor a qualquer gosto de cevada) ,- fica muito mais parecido quando se coloca café de cevada.

  41. Lu
    19, Novembro 2013 às 1:24 pm | #49

    Afinal…há receita ou não há receita (verdadeira)?

  42. 23, Novembro 2013 às 8:08 pm | #50

    Haver receita verdadeira, claro que há, mas é segredo bem guardado.
    Fiz esta receita e nem de perto se assemelha ao molho da Portugália, pelo que apetece mesmo ir lá para degustar o verdadeiro.
    Parece que sim, atualmente é industrial.
    Sei que alguns restaurantes “fingem” facultar uma receita, mas escondem algum segredo chave, e, quanto a mim, fazem bem, afinal o segredo é a alma do negócio.

  43. 26, Março 2014 às 5:13 am | #51

    Appreciating the time and effort you put into your blog and detailed information you offer.
    It’s great to come across a blog every once in a while that isn’t the same old rehashed information.

    Great read! I’ve saved your site and I’m adding your RSS feeds
    to my Google account.

  44. 26, Março 2014 às 5:50 pm | #52

    Your style is really unique compared to other folks I’ve read stuff
    from. Thank you for posting when you’ve got the opportunity,
    Guess I’ll just bookmark this site.

  45. 16, Abril 2014 às 8:05 am | #53

    I’ve been surfing on-line greater than three hours nowadays, but I by no means found any fascinating
    article like yours. It is beautiful value sufficient
    for me. In my view, if all site owners and bloggers made excellent
    content material as you probably did, the web can be much more useful than ever before.

  1. 2, Janeiro 2011 às 9:59 pm | #1

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: