Alvarinho 2008

O Primeiras Vinhas da casa Soalheiro em Monção foi o primeiro vinho branco que me fez deixar cair o queixo. E logo um verde🙂

Acabo de beber o Primeiras Vinhas 2008.
Sim 2008.
Mas estamos em 2012 dirão muitos, e obviamente com razão. Mas se há vinho capaz de deitar por terra o mito que brancos só novos, aqui está ele.
Cor âmbar, linda, dourada muito leve, aroma acidulo mas fresco e no paladar muitas frutas principalmente exóticas. O maracujá assalta-me os sentidos! E em menos de nada a garrafa acabou.

Um grande vinho, a provar que a casta Alvarinho se bem utilizada resulta em grandes vinhos de guarda.

Eu estou rendido.

E o caro leitor? Já experimentou um Alvarinho com “idade”?
Fica o desafio!

20120828-171950.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s