Gemelli

O mui famoso restaurante da nossa capital foi visitado por mim. E o resultado?

Bem, primeiro a sala, muito bonita em semi-circulo com janelas para a rua. A decoração é sóbria mesas grandes e bons assentos. Bons linhos também.

Fomos aconselhados a escolher  um menu de degustação “ao sabor da inspiração no momento do chefe” foi o que nos foi dito, e aceitamos a opção de 4 pratos (32€).

“Querem também uma degustação de vinho a copo para cada prato?” Não por favor.

Veio a carta e -excelente surpresa. A carta é completa e a preços muuuuito bons. Exemplo: Torre do Esporão a 90€ (para quem gosta de gastar á farta) ou o CARM cozinheiros a 30€, que foi o que eu pedi.

Segunda surpresa- o empregado não percebia nada de vinhos e chegou até a enganar-se no ano da garrafa (com ela á sua frente) posssa!

O couvert é divinal com vários pãozinhos entre eles uma focaccia excelente, tudo para molhar num bom azeite virgem.

De seguida vieram os pratos… A sala não estava cheia aliás, a contar conosco não chegava aos vinte clientes e isso num sábado á noite (Já perceberam porque é que os grandes chefes em Portugal andam todos a fechar portas?) no entanto a “inspiração”  do chefe parecia ter sido igual para todos. Ah pois!

-Um amuse bouche sem história, seguido de courgette panada (tempura! disse a menina por ser mais chique – claro) ao caril em papa (ela disse também ou outro qualquer nome chique) de queijo mozzarela- A tempura estava saborosa e no ponto quanto ao queijo…nada de especial.

De seguida um taglietinni negro aromatizado com caldo de marisco e espargos verdes. Muito saboroso… muito mesmo! quase proporcional ao muito pouco servido.  A massa parecia caseira e de grande qualidade, os espargos finos eram também bons. O caldo era mais fraquito mas também era mais aroma que outra coisa.

Seguiu-se um rissoto divinal com bochecha de porco confitada. A bochecha estava excelente e o rissoto também era muuuuito bom apesar de não ser efectuado com arroz arbóreo(?!). Novamente a quantidade a pecar.

A sobremesa também era boa mas nada de relevo.

Em resumo não aconselho o menu de degustação, nem por sombras devido ás suas parcas quantidades

É um restaurante a visitar pelo menos uma vez, pela qualidade dos produtos e confecções irrepreensiveis,

Se ficar com fome é ir jantar a outro lado!

One thought on “Gemelli

  1. Em Lisboa à séria está-se a comer muito bem no Tavares Rico. Dos 100 por cabeça para cima, mas vale a viagem. O Gemelli, tem boas formas para cozinheiro, digamos que tem as pegas do amor e por falar um Italo-português, seduz imenso. Mas a comida é no meu entender curta para tanto aparato das, isto a julgar pelas 3 vezes que já lá fui. Uma execução não sumária e não trendy.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s