1º prémio confraria dos enologos do Alentejo

Este ano, a confraria dos enólogos do Alentejo premiou um lote de vinho da Herdade do Esporão.

Tal não acontecia naquela casa desde o ano de 2000 em que um vinho hoje conhecido internamente na herdade como ‘vinho santo’ devido ao seu rótulo.

A herdade do Esporão resolveu dar a conhecer este grande vinho em primeira mão aos wine bloggers de Portugal e só depois então ao resto da comunidade.

Uma descrição do evento como só ele consegue a fazer está disponível aqui.

A apresentação decorreu ontem e a nossa anfitriã a enóloga residente  Sandra  e o director comercial Filipe foram de uma simpatia extrema para que tudo corresse pelo melhor.

E correu sim sr.. .

mas quase que não corria.

Mas se todos os problemas do Esporão fossem estes… passo a explicar.

É que durante a prova do 1º prémio da confraria dos enólogos do Alentejo também se provou o dito vinho santo do ano de 2000.

Nunca atribuiria aquele vinho ao Alentejo e fez-me duvidar de uma opinião que compartilho com o alentejano de que os vinhos portugueses não envelhecem bem (os dos últimos 10 anos claro). Este alicante bouchet apresentava uma cor densa e muito pouco castanha denotando ainda alguns bons anos pela frente. Na boca explodia com uma complexidade tal que me deixou boquiaberto. Nem me atrevo a descrever o que senti no palato. Ainda bem que o dito já não se vende porque se me pedissem uns 100 euros por uma garrafa ia pensar muito seriamente no caso!

Mas vamos ao de 2007.

Um perfil muito mais moderno e também imediato.

Várias castas como por exemplo o Syrah já entram na composição, que me pareceu um lote escolhido entre as melhores vinhas e melhores uvas dos mais de 600 hectares disponíveis no Esporão. (será que ia dar um torre?)

O vinho apresenta um aroma guloso com a fruta bem presente a fazer lembrar um dos “super douros” mas um pouco mais polido. Na  boca confirma-se a fruta gulosa com compota mas ainda com a madeira de grande qualidade a dar a sua contribuição de forma efusiva. É deitá-lo algures e esperar uns dois ou três anos a ver se se desenvolve de forma tão prometedora como promete.

Ou então não!

o vinho já dá uma prova capaz de alegrar o Santana em noite de eleições🙂

Um grande vinho é certo mas por .. 39€?  bem, o certo é que só  o nome Esporão e o facto de ter ganho o dito prémio já lhe dava um valor acima dos 25€ o resto vem do vinho propriamente dito… e se calhar até merece!

2 thoughts on “1º prémio confraria dos enologos do Alentejo

  1. A propósito de premiar vinhos, sugiro aos apreciadores, presentes e futuros, uma visita à Wine In Azores – Feira de Vinhos & Gourmet que terá lugar no Pavilhão do Mar nos dia 23, 24 e 25 próximos. Certamente, entre as quase ou mais de 200 marcas em exposição encontrarão alguma que se encaixe no vosso palato.
    E que Baco nos ajude…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s