Oliver

Em Lisboa perto do Bairro alto situa-se o Café Oliver. O Oliver é um jovem que de um optimo chefe é o filho do famoso chefe Michele.
Do pai não tenho saudades, mas o filho foi pioneiro em Portugal com um restaurante em que o preço era fixo e a ementa também o era .. ou melhor, não havia escolha.
Agora o conceito está a “meio canal” Ainda nos servem 5 entradas sem termos “grande” hipoteses de recursarmos até porque o preço das 5 são practicamente o preço de uma (10€). Mas depois escolhemos o prato principal.
O ambiente é romantico “kinky” sendo ideal para casais. As louças são correctas e os copos também. Os linhos de boa qualidade.
Pediu-se costeleta de vaca ANGUS que estava divinal. A carne é deveras saborosa e estava em optimo ponto!
Optou-se por acompanhar com um Douro novo e o quinta do Crasto (apesar de caro – 27€) cumpriu a sua função.
Na sobremesa a redenção. Um petit gateu como nunca provei com o seu interior liquido com chocolate de qualidade soberba. Só pela sobremesa já valia a pena.
No fim percebemos que a antiga forma de servir ainda está presente hoje sobre a forma de menu de degustação.
Aconselhado !!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s