Boca de Cena

Situado em Ponta Delgada abriu, mais um restaurante com pretensões, boas pretensões.

Falo-vos do Boca de Cena que se situa em frente ao Teatro, por cima do bar PDL.

Ao entrar deparamo-nos com uma sala não muito grande mas elegante, com o chão preto, paredes bege, com umas cortinas de fios pretos… muito elegante.

 

Fomos recebidos por eficiente e simpático empregado, que nos pôs á vontade. O restaurante apresentava-se ao almoço, bem composto e foi impressionante a competência do empregado que sozinho tomou “conta” de toda a sala. Mais impressionante ainda foi saber que o Chefe Ricardo estava na cozinha com apenas uma ajudante o que me deixou perplexo dada a complexidade dos pratos apresentados, assim como a diversidade que a sala exigia da cozinha.

A carta tem algumas iguarias originais e pouco trabalhadas por cá. O Faisão é um exemplo.

Primeiro pormenor só mais tarde explicado: não é servido pão a acompanhar a comida nem muito menos como couvert. Aliás como couvert é servida uma salada ligeira. A razão, explicou-nos o chefe Ricardo tem a ver com o facto de assim fazemos a digestão toda ao mesmo tempo e não por etapas. Aliás foi evidente a preocupação na construção dos pratos com os vários grupos energéticos que os compõem (proteínas, vitaminas, hidratos de carbono, etc) de modo a que a comida não só seja muito saborosa mas também equilibrada.

A carta de vinhos é fraquinha mas está em construção, assegura-nos o chefe (que também é o dono), e sim já ofereci a minha ajuda😉

Por ora apenas 6 tintos e outros tantos brancos é realmente curto.

Provou-se como entrada, polvo grelhado, que veio em tosta com azeite e vinagrete. Achei que algo não estava bem… pensa-se que talvez vinagre a mais.

De seguida atum caramelizado com ananás, estava delicioso, pena o atum vir a “puxar” para o bem passado o que acho que não tem cabimento nos dias de hoje. Mais tarde o Chefe Ricardo disse-nos que os clientes ao inicio mandavam o atum para trás para passar mais.. pois paciência, digo eu,  quem perde são eles que não sabem comer… eles e eu, que pensei que mau passado era por “defeito” e não o pedi assim.

De qualquer modo estava deveras saboroso e prometo lá voltar, desta vez para um atum…. Mal passado sff!

J

Passou-se á carne onde o peito de faisão estava óptimo se bem que o molho com algum limão a mais (seria o nosso paladar ainda a reclamar do polvo?) mesmo assim a refeição foi digna de Rei. Os pratos são optimamente decorados e fazem vista, ainda por cima acompanhados com legumes salteados no ponto.

Bebeu-se durante a refeição o tinto douriense Dilema 2004 que se portou muito bem. Boa madeira, boa fruta e equilibrado.

Achamos as sobremesas demasiado doces. Acho que vou oferecer ao Ricardo um livro que agora ando a ler – Chocolate de Mort Rosenblum onde é descrito como alguns puristas franceses acham que 5% de acucar no chocolate já é demais🙂

Em resumo, nota muito positiva para uma casa que teve um trabalho dos diabos com mestres e afins até que finalmente abriu portas.

 

Parabéns ao chefe  que espero eu continue a confiar mais em si do que nos clientes.

Recomendo vivamente

preço médio 25€ com bebida.

3 thoughts on “Boca de Cena

  1. Sem dúvida o restaurante mais chique de Ponta Delgada.

    -decoração muito elegante
    -optimo serviço
    -excelencia na confecção dos pratos
    -preços muito acessiveis

    parabéns ao chef!

  2. Infelizmente ainda não tive o prazer de conhecer o restaurante boca de cena. Contudo conheço bem o chef Ricardo e o seu trabalho e tenho a certeza que é um dos melhores do país.

    Parabéns ao casal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s