CSE Reserva e PANCAS Sel Enologo

Aqui o vosso amigo vai de férias!

Não se preocupem pois sei de antemão que o meu nome não vai aparecer nas listas do PS divulgadas pelo argoladas. Também já declinei o convite e não serei canditado pelo PPM a Lisboa no próximo ano! 😉

Se querem mesmo saber algo interessante deixo-vos com a minhas ultimas descobertas e que farão as vossas delicias na reentré!

 

Quinta de Pancas Selecção do Enologo – Uma pomada do  carasssssas! tinto complexo q.b.  com madeira de qualidade sem grandes exessos, mas com fruta muito, muito boa. Com grau não exessivo (estou cada vez mais farto dos vinhos com exesso de alcool) e tudo, mas tudo muito bem “arrumado”. Os taninos são bem redondos ainda assim expressivos q.b. um sucesso de vendas no “contenente” que espero repetir por cá. Isso claro se entretanto o JH Ornelas não se lembrar de roubar a representação.

Outra  pinga fora de série e que me deixou sem respiração (honestamente… é assim tão bom) foi o Casa de Santa Eufémia Reserva 2004. Neste ano não houve Viseu de Carvalho (o topo da casa) e toda a uva foi aproveitada para este CSE Reserva. Não conheço RQP melhor.. não estou a brincar, é um vinho muito a sério, que poderia ser considerado de topo mas que não custará mais do que 9€.

Apresenta cor escura como uma noite sem luar, cheira a chocolate, mas também a baunilha. O fresco que é imperioso nesta altura do ano lembra-me um gelado de chocolate de altissima qualidade – espero ansioso pela prova de se inclina sobre a minha lingua e afaga as minhas papilas gustativas como …. bem, isto está a tornar-se numa escrita perigosa.😉

deixo-vos com a sugestão de exprimentarem o 2003.

aquando do meu regresso apresentarei o 2004 como ele merece. Estão todos desde já convidados.

Até já!

3 thoughts on “CSE Reserva e PANCAS Sel Enologo

  1. Esta casa não deixa de me supreender pela positiva.
    Reserva uma destas garrafas para mim🙂

    O último CSE que me deixou estupefacto foi o porto vintage 2003, dos melhores vintage que já bebi, e já bebi muitos….

    Bebi a pouco tempo alguns vinhos muito bons que recomendo:

    Hans Christian Andersen 2003

    Ramos Pinto Collection 2005

    Cerros das Mouras Grande Escolha 2004

  2. Por estes lados as pingas têm sido poucas mas boas.
    Duas pinceladas apenas:

    Só Touriga Nacional 2003 – vinho fantástico, já completamente domado para quem gosta deles assim. O de 2005 não me convenceu.

    Pedras Brancas 2007 – após um investimento na adega cooperativa da Graciosa, surge este ano um vinho que fica, de longe, à frente do Frei Gigante e outros que tais. Sabe-se que em edições anteriores este vinho não tinha qualidade reconhecida, mas provem o de 2007 e percebem que está a anos luz. Candidato a melhor vinho verdelho açoreano a par do Donatário.

    Boas férias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s